O Fiscal e o Lojista

Zezão parou o caminhão na frente da loja do turco Kaled e falou:

– Seu Kaled, tem aqui um caminhão de arroz sem nota pela metade do preço, o senhor aceita?

– Claro que Kaled aceita – e vira-se para o filho.

– Kaledinho, vai bra esquina e se abarecer fiscal vem corendo avisar babai.

Começam a descarregar e, no meio, aparece Kaledinho:

– Babai!… Fiscal vem vindo.

– Bára tudo e volta caregar – grita Kaled.

Chega o fiscal:

– Venda grande não é seu Kaled?

– Ôh ôh, melhor venda do ano que Kaled feiz…

– E isso aí tem nota?

– Ainda num tem nota borquê Kaled está esberando carega bra ver quanto mercadoria cabe na caminhon… daí, Kaled tira nota.

– Não pode! diz o fiscal. A nota fiscal tem de ser emitida antes de carregar!

– Ah!…. Antão bára tudo, que Kaled non qué brobrema com receita!…

– Volta, volta, descarega tudo caminhón e guarda lá dentro do loja!…

Referência

Comentários

comentários