Enxugar Gelo

Enxugar Gelo
É culpa do governo, é o que diz o cidadão ao ver o lixo acumulando nos terrenos, a calçada quebrada ou tomada por mesas e cadeiras, o barulho que vem do boteco da esquina, a rua esburacada pela água que corre do lava jato, a juntada de sucata a céu aberto, a fumaça de queimada, os galhos esparramados da árvore podada.

É fácil jogar a culpa no governo… difícil é encarar a própria parcela de culpa no caos urbano.

O contingente da Fiscalização de Posturas nunca será suficiente para resolver os problemas diários causados pelo próprio cidadão, enquanto o cidadão não se conscientizar que sua atitude afeta – e muito – toda a comunidade.

A atuação fiscal, por si só, é paliativa. O poder público depende da fiscalização do cidadão, depende da sua conscientização a respeito dos males causados pela conduta lesiva ao bem-estar comum.

Enquanto o cidadão não for proativo, a Fiscalização de Posturas vai enxugar gelo.

Comentários

comentários