São José do Rio Preto, SP: Fiscalização de Posturas do Meio Ambiente “fecha” avenida

DSC06432

A Fiscalização de Posturas de São José do Rio Preto, SP, realiza “medição” da pressão sonora para dirimir conflitos.

O aparelho “decibelímetro” é muito sensível, captando todo o ruído ambiental (com espuma na ponta para não “pegar” o som do vento). Quase sempre as medições são feitas a partir do dormitório do reclamante, aplicando-se as normas da ABNT para este ambiente, considerada a zona (residencial, mista ou industrial).

Há casos, no entanto, que a opção é pela “medição ambiental”, feita no entorno do gerador da poluição sonora, sem prejuízo para o fiscalizado.

Sexta-feira passada, dia 7 de junho, às 23:45h, a Fiscalização de Posturas da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Urbanismo optou pela “medição ambiental”, em operação integrada com a Guarda Civil Municipal.

web

Para não prejudicar o estabelecimento, as Fiscais, Iris Tomaelo e Rosângela Fioramonti, com apoio da Guarda Civil Municipal, interromperam o tráfego de veículos de importante avenida da área central e de mais duas ruas durante cerca de 40 (quarenta) minutos.

DSC06431

 

Foram feitos registros com o “decibelímetro” sem o costumeiro trânsito do local.

A Fiscal Rosângela Fioramonti, certificada pela CETESB para operar o equipamento “decibelímetro”, a cada 5 (cinco) minutos realizou “medições”.

A “medição” perfeita, segundo a Fiscal de Posturas Rosângela Fioramonti, é sem interferências estranhas aos ruídos provenientes do  gerador da poluição sonora. Para conseguir a “medição” perfeita, inúmeras tentativas de “medições” foram interrompidas e descartadas, em razão de ruídos provocados pelos transeuntes e frequentadores do local (batidas de portas de veículos, motos que insistiam em passar com o trânsito interrompido, conversas próximas…).

Obtida a “medição” perfeita, a Guarda Civil Municipal liberou o trânsito local e a Fiscalização de Posturas do Meio Ambiente partiu para a “medição” em outro local, desta vez dentro do apartamento do denunciante.

Fiscal feliz com a "medição" perfeita!
Fiscal feliz com a “medição” perfeita!

Valeu a cooperação e paciência, rapazes da Guarda Civil Municipal! Valeu a ajuda de sempre, Cinira Martins (e parabéns pela futura “casa da GCM”)!

Fotos: Iris Tomaelo

 

 

Compartilhar:

Facebook Comentários