São Paulo, SP: corrupção na Fiscalização Tributária

Não tenho por hábito comentar notícias sobre a Fiscalização Tributária dos Municípios, digamos que, depois que as atribuições típicas e exclusivas da fiscalização do ISS foram retiradas do meu cargo de Fiscal Municipal, fiz questão de ter amnésia.

Entrei muito a contragosto para a Fiscalização de Posturas, já que forçada a isto, mas aprendi a gostar e, hoje, sou apaixonada por esta Fiscalização.

Todos os dias, desde 1º de novembro de 2004, aprendo mais um pouco sobre Posturas. É um mundo em expansão, o mundo dos direitos do cidadão e das regras de convivência urbana. Posturas respeitadas são a organização do caos da cidade.  Sem Posturas somos animais em selva de pedra.

Já a Fiscalização Tributária municipal, por mais que se esforce, é só órgão arrecadador e a única coisa que se espera dos Fiscais Tributários é que sejam eficazes e eficientes no desempenho de suas atribuições… que se assumam como garras do Governo sobre o bolso dos cidadãos.

E, quando vem a público a corrupção dos Fiscais Tributários, tenho vergonha!

Vergonha de que confundam a minha Fiscalização com a Fiscalização deles.

É certo, sempre tem os podres… mas precisa ser tantos.

Não bastasse a roubalheira dos mensalões e propinodutos diariamente divulgados, aparece mais uma notícia destas:

Seis carros e duas motos de luxo foram apreendidos nesta quarta-feira (30) em operação contra esquema de corrupção dentro da Prefeitura de São Paulo durante a gestão do ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD). Quatro servidores foram presos nesta manhã por suspeita de integrar quadrilha que pode ter fraudado até R$ 500 milhões na arrecadação do Imposto sobre Serviços (ISS).”

Leia na íntegra em http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2013/10/operacao-contra-auditores-em-sp-apreende-carros-e-motos-de-luxo-emsp.html

 

Comentários

comentários