Fiscalização em greve, não vai ter na Copa!

s

Há muito tempo que venho noticiando a situação degradante da Fiscalização de Posturas de São Paulo, a quarta maior cidade do planeta.

Doze anos à míngua. À margem dos avanços tecnológicos. Número reduzidíssimo de Agentes Vistores. Viaturas insuficientes. Falta de estrutura física e de recursos humanos de apoio. Ausência de plano de carreira adequado, com humilhantes distorções salariais dentro da categoria. Perseguição. Assédio.

É o Inferno Fiscal! E, não vai ter Copa… a não ser que o pacotão de reajustes do Haddad consiga amordaçar mais uma vez os Agentes Vistores.

Os Agentes Vistores estarão em greve a partir de 12 de junho. E, que fique claro, Posturas e Tributários são carreiras irmãs. Esta publicação noticia a greve só de Posturas.

E nem dá pra dizer que o Prefeito Haddad não sabe da situação, mesas setoriais, tentativas infrutíferas de negociação. Reuniões abortadas pelo patrão.

Sabem qual foi a oferta de aumento? 0,01%… gostaram da piada?

Esperaram até demais. Foram ao limite.

Nós, Fiscais de Posturas somos a lei nas ruas. Somos a ordem. Somos a garantia de sossego público. Decidir pela greve, o último recurso, é uma decisão quase de foro íntimo para o Fiscal de Posturas. É um paradoxo, um dilema. Mas, até para os Guardiões da Cidade há um limite para vocação pública, entre o cuidar do coletivo e a sobrevivência pessoal e da família dos Fiscais.

Sou “sapo de fora”, mas, espero –  e desejo – que os Agentes Vistores estejam unidos nesta decisão, independente das diferenças pessoais.

João Edson de Santis (rebelde positivo, a quem sou grata eternamente por ter me apresentado ao grupo) e Luis Barnabe (“o” cara),  meus amigos pessoais, corajosos, chegou a hora de vocês.

E, garotas Fiscais, Andrea Martins FranciscoAna PaulaHeike Feigl ZagoNancy MaraneSylvia VillaFernanda ChedeMaria Do Carmo LopezLucileila QueirozDebora CastelaniDaviceli SouzaRoberta Damasceno e todas as outras, não menos importantes, mas que fico aqui sem citar por serem tantas… boa sorte!

 

E, vocês, meninos Fiscais, Andre Sahd (gatinho da CBO), Fernando Duarte GuimarãesFernando Couto MartinsLindomar CardosoEdmar Dourado S. JúniorEduardo KobaJosé Roberto da Costa  e todos os outros, não menos importantes, mas que fico aqui sem citar por serem tantos… boa sorte!

Lá, no andar de cima, tem um que deve estar mandando vibrações positivas (em ritmo de rock, claro) a todos os Agentes Vistores, para que tenham força para lutar unidos pela Fiscalização de Posturas que São Paulo merece e precisa.

Deu!!!

Eis aqui a decisão histórica:

SINDICATO DOS AGENTES VISTORES E AGENTES DE APOIO FISCAL DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO – SAVIM

R.Cel. Xavier de Toledo, 121, 6º and, Cj. 62, Centro

São Paulo – SP

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

Assembleia Geral Extraordinária

Nos termos dos artigos 8º, 6º, § 2º, § 3º e § 4º; 9º, e artigos 8º e 9º do Regimento Interno e demais disposições do Estatuto Social atinentes na espécie, fica a Categoria dos Agentes Vistores convocada para a Assembleia Geral Extraordinária em regime de urgência que será realizada no dia 09/06/2014, com início às 10h00, em primeira chamada, na sede do Sindicato.

PAUTA DO DIA

Aprovação da deflagração de movimento de GREVE a partir de 12/06/2014, em razão das negociações iniciadas em maio/2013, terem sido recentemente frustradas pela Administração Municipal, como amplamente divulgado, o Governo assinou o “Protocolo do SINP” no qual assumiu compromisso com a valorização de todo funcionalismo público municipal. Comprometeu-se também, em 2014 efetuar a reestruturação da Carreira de Agente Vistor, determinada em Lei desde 2007. Decorrido um ano e após várias e exaustivas reuniões, o Governo apresentou propostas para algumas categorias, sendo que os Agentes Vistores não foram incluídos. Recusou-se a discutir a revisão da Lei Salarial, tão pouco se dispôs a discutir a reposição das perdas salariais, nem ao menos as reposições das perdas do período, assim estas são as principais reivindicações do movimento paredista:

Pauta Central de Reivindicações:

– Revisão Geral Anual

– Revisão da Lei Salarial

– Recomposição das perdas salariais

Pauta Específica de Reivindicações:

– Reestruturação e Valorização da Carreira dos Agentes Vistores

– Reposição imediata das perdas inflacionarias de acordo com o inciso II do artigo 92 da Lei Orgânica do Município de São Paulo

– Concurso Público após a Reestruturação

– Regulamentação dos Plantões

– Informatização da Fiscalização

 São Paulo, 06 de junho de 2014.

MARIA BENEDITA CLARET ALVES FORTUNATO

Diretora Presidente”

Claret, a Fênix
Claret, a Fênix

Para tomar conhecimento da situação dos amigos de São Paulo, leiam mais em:

http://www.camara.sp.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=19098%3Acpi-falta-de-profissionais-e-entrave-para-fiscalizacao-na-se&catid=35%3Acpis&Itemid=92

José Lamas Otero, o cavalheiro da Sé
José Lamas Otero, o cavalheiro da Sé

http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,fiscais-da-prefeitura-de-sp-marcam-greve-para-a-abertura-da-copa,1506837

http://noticias.r7.com/sao-paulo/fiscais-da-prefeitura-marcam-greve-para-abertura-da-copa-do-mundo-06062014

http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/fiscais-de-sao-paulo-marcam-greve-para-abertura-da-copa

Só achei esquisito o discursinho do vereador, muito sem noção: https://www.youtube.com/watch?v=MbOtIMsIzpE#t=43

http://www.emresumo.com.br/2014/06/06/fiscais-de-sao-paulo-marcam-greve-para-abertura-da-copa_15418.html?utm_source=facebook.com&utm_medium=referral&utm_campaign=imggrande

Comentários

comentários