BH e POA: ícones da luta por nível superior vencem batalhas

O Fiscal é um ser isolado.

Chega de manhã, recebe os serviços do dia e sai. Deve responder isoladamente por suas tarefas ao final do dia, da semana ou do mês.

Vai para a rua. Sozinho, em dupla ou, algumas vezes, em equipe. Sem delegação, vai responder isoladamente pela execução dos serviços, quer seja por relatório, quer seja pelos esclarecimentos que deva prestar à chefia.

Quando está frente a frente com o fiscalizado, o Fiscal está só na sua autoridade. Naquele momento, é só dele a responsabilidade pela condução da ação. O Fiscal está isolado.

Não há corporação. Não há padrão no corpo a corpo. Talvez, haja parâmetros para algumas ações. O Fiscal é um ser isolado, pela própria natureza do seu trabalho.

O Fiscal vai se enredando na rotina dos seus dias sem rotina. Os dias nunca são iguais. O estresse passa a fazer parte da construção do perfil do Fiscal. O fim do dia chega a ser um bálsamo, e as férias uma bênção.

É longe da relação fiscal-fiscalizado, que este ser isolado vai se recompor para amanhã começar outro dia sem ter noção de como vai terminar. Há Fiscal que não quer nem ouvir falar em Fiscalização depois de um dia de “rotina” fiscal.

Há Fiscal que, buscando força na vontade de melhorar a vida e o trabalho, parte sozinho ou em pequenos, mas não menos animados, grupos. Incomodado com a apatia e a inércia dos outros (nada mais decepcionante que uma assembleia de meia dúzia), pode ser que fique pelo caminho, com a luta pela metade… mas, já marcou seu nome, doravante será chamado de louco, sem noção… eu prefiro chama-lo de visionário.

Há Fiscal que age, que se doa, que aproveita o caminho que seu anterior, o visionário, pavimentou e continua a jornada. É o Fiscal que convence, que faz o apático sair da inércia, que prova ser possível domar dois leões por dia.

Então, reunidos os Fiscais visionários, loucos e atuantes, tantas fazem e durante tanto tempo que um dia vencem.

Hoje, quero enfatizar o dia da vitória destes visionários, loucos e atuantes Fiscais de Belo Horizonte e de Porto Alegre, publicando dois comentários que fizeram me sentir participante destas lutas.

Belo Horizonte

No dia 1º de março de 2016, atendendo chamado de Israel Arimar, os Fiscais Integrados de Belo Horizonte lotaram as galerias da Câmara Municipal em apoio ao Projeto de Lei 1614/15.

Aprovado em 2º turno, o PL 1614/15 passa a exigir escolaridade superior para acesso ao cargo de Fiscal de Atividades Urbanas e Controle Ambiental, a nova denominação do Fiscal Integrado.

Parabéns a todos os Fiscais Integrados!!! Grande vitória na CMBH! 37 votos a favor, 3 abstenções e 1 ausência! Comemoremos, mas precisamos estar alertas e prontos para a luta! Pois ganhamos uma batalha, mas ainda não a guerra!

Plínio Marcos, Diretor de Fiscalização do SINDIBEL

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/originals/f9/67/cb/f967cbcc789753220227e7cb9abe50c1.jpg
1º de março de 2016, data histórica para a Fiscalização de BH
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/originals/c0/f2/16/c0f2162c50dd3f024868bc1595bc2295.jpg
01/03/2016 – parte dos Fiscais que lotaram a Câmara em BH
03-03-2016 - BH nível superior:
01/03/2016 – Fiscalização unida para conseguir o nível superior
03-03-2016 - BH nível superior:
01/03/2016 – Ildeu e suas selfies, que eu adoro

Porto Alegre

No dia 21 de março de 2016, atendendo chamado de Roman Marinho André, os Agentes de Fiscalização lotaram as galerias da Câmara Municipal para derrubar o veto ao Nível Superior Já.

E conseguiram por unanimidade! Daqui por diante, quando houver concurso, será exigido nível superior .

Parabéns aos colegas por esta vitória. Fico orgulhoso de ter trabalhado na fiscalização de Porto Alegre. Tinha certeza que iríamos chega aos nossos objetivos. Até que enfim vencemos a guerra. Mas, continuem trabalhando em cima do que foi conquistado, pois ainda é necessária a união agora mais do que nunca para atingir a conquista do aumento salarial. Valeu a pena o esforço de todos colegas e principalmente parabéns ao colega Roman Marinho André pelo seu esforço e dedicação. É um orgulho ter um colega como este trabalhando ao seu lado. Parabéns novamente aos Agentes de Fiscalização por esta conquista. Chegamos ao Nível Superior e agora vamos mostrar nosso real valor a esta administração. Um grande abraço a todos colegas.

Rui Luz Crivochein, Fiscal de POA aposentado

https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/originals/59/59/04/595904ed57d1be1347dcce12e5416d58.jpg
03/02/2016 – pressão no Gabinete do Prefeito
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/originals/9f/81/5c/9f815c6663e365a393e695ea24b28425.jpg
21/03/2016 – Na Câmara contra o veto e organizados
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/originals/aa/fa/f1/aafaf1c1b1efc253ec6fa0a3e554c343.png
21/03/2016 – após 11 anos de luta, a Fiscalização de Porto Alegre conseguiu que seja exigido nível superior para acesso ao cargo

 

Há sempre muito mais a enxergar do que os olhos podem ver e vocês acreditaram!

Saudações mais do que especiais a
Belo Horizonte

Porto Alegre

Israel Arimar

Plínio Marcos

Ildeu Andrade

Jacqueline Maltez (amiga irmã)

Flávia Passos

Rovena Nacif Martins

Sílvia Voloch

 

Roman Marinho André

Oritz Campos (gratidão eterna por dividir suas lutas comigo)

Leonel Lessa

Juarez José da Silva

Rogério T. Stockey

Roberto Rodrigues

Felipe Travessas

Carlos José Lemos da Graça

 

 

Comentários

comentários