Sobre o Seminário de FAUs da Cidade de São Paulo 2016

 
Sobre o megaevento que São Paulo promoveu

É difícil dizer com palavras o  que foi o megaevento promovido pelo SAVIM, leia-se: promovido pela gestão de Claret Fortunato, com Geane Kelly Moraes Corseiro na organização e tendo Fernando Duarte Guimarães como mestre de cerimônia.

Foi corajoso, porque os FAUs da cidade de São Paulo – os Agentes Vistores –  estão passando por um longo processo de restruturação, cheio de retrocessos e alguns avanços.

Foi necessário, porque é preciso sempre renovar o pacto de auxílio mútuo entre sociedade civil, gestores e Fiscalização.

Foi maravilhoso, porque fez prova da necessidade dos FAUs, de todas as cidades, abandonarem os limites dos seus Municípios e trocarem conhecimentos e experiências.

Foi mágico, porque 66 Agentes Vistores recepcionaram 125 FAUs de todo o Brasil.

Transcrevo o relato do SAVIM, na sua fan page no facebook:

“O Sindicato dos Agentes Vistores do Município de São Paulo – SAVIM, realizou nos dias 23 e 24 de junho de 2016 o Seminário de Fiscalização de Atividades Urbanas da Cidade de São Paulo 2016.

O evento ocorreu na Galeria Olido, situada na Av. São João nº 473, contou com a presença de 66 Agentes Vistores do município de São Paulo e 125 Fiscais de Atividade Urbanas de 31 Cidades, quais foram: Santos – SP, Santana do Parnaíba – SP, Jundiaí – SP, Bragança Paulista – SP, São José do Rio Preto – SP, Guarulhos – SP, Cubatão –SP, Curitiba – PR, Vitória –ES, Serra – ES, Vila Velha – ES, Laranjal do Jari – AP, Macapá – AP, Florianópolis – SC, Porto Alegre – RS, Caxias do Sul – RS, Brasília – DF, Maceió – AL, Belo Horizonte – MG, Uberlândia – MG, Juiz de Fora – MG, Ouro Preto – MG, Goiânia – GO, Formosa – GO, Águas Lindas – GO, Santo Antonio do Descoberto – GO, Rio de Janeiro – RJ, Rio Bonito – RJ, Fortaleza – CE, Campo Grande – MS e Rio Branco – AC.

Foram dois os objetivos para a realização deste encontro:

1. Ao colocar em discussão assuntos essenciais para o desenvolvimento desta Carreira, que tem por competência zelar pelo ordenamento da cidade, procurou despertar nos Agentes Vistores da cidade de São Paulo o interesse em fazer parte das decisões que podem influenciar o nosso trabalho diário bem como o nosso desenvolvimento profissional.
2. Ao reunir Fiscais de Atividades Urbanas de todo o Território Nacional, o objetivo foi compartilhar experiências, dirimir dúvidas, discutir soluções para os vários problemas e detectar pontos convergentes a serem defendidos nacionalmente.

As discussões contaram com a participação de renomados profissionais que atuam fora da área de Fiscalização como o Professor Humberto Dantas, o Dr. Juiz de Direito Alexandre Cunha, Professor Roberto Tauil, Sociólogo Walter Tesch, Vereador Ricardo Nunes, Vereador Paulo Frange, Arquiteta Rosane Segantin, Auditor Fiscal de Tributos de São Paulo Rafael Barbosa, o empresário Ivan Baldini, Vice-presidente da Associação Comercial de São Paulo, Dr. Antonio Carlos Pela e o Coordenador de Relações do Trabalho da Secretaria de Gestão Sr. Marcel Felices. Todos nas suas áreas de experiências colaboraram para desenvolver temas sobre o Poder de Polícia Administrativo exercido pelos Fiscais de Atividades Urbanas; O nosso reconhecimento como Carreira de Estado; Corrupção no funcionalismo e Leniência da sociedade; destinação das Taxas de Poder de Polícia e Ocupação irregular do Espaço Público.”

23/06/2016:

23/06/2016:

23/06/2016:

23/06/2016:

23/06/2016:

23/06/2016:

23/06/2016:

23/06/2016:

23/06/2016:

23/06/2016:

23/06/2016:

23/06/2016:

23/06/2016:

23/06/2016:

E, no encerramento, o show!!!

Compartilhar:

Facebook Comentários