Oia as ideia!

Olhando a foto, fico pensando:

  • coitados dos garçons no sobe e desce do caminhão;
  • não vai dar pra funcionar de dia, o estacionamento é rotativo, tem que mudar o caminhão de lugar de duas em duas horas. Imagina a cena do povo em cima, segurando copos, garrafas, cadeiras e mesas;
  • menino, esta rua parece ser uma descida, melhor calçar as rodas.

O bar fica na área mais central da cidade (Caxias do Sul). Neste local, é proibido por lei o uso de calçada para colocação de mesas. O #Fiscal avisou o proprietário da proibição legal. Uma semana depois, dia 03/02/17, o proprietário ganhou reforço na sua briga para mudar a lei: dois caminhões foram estacionados para os frequentadores do bar.

Só uma nota: o dono do bar também estava pretendendo fechar o quarteirão entre os dias 24 a 28/02/17 para fazer uma carnavalzinho básico para os seus clientes. Pode isto, produção?


Agora, no papo reto, que tal instalar o bar em outro local?

Que tal um endereço em que as mesas possam ficar nas calçadas (não concordo, porque acho que calçada é para pedestre, mas, enfim, tem quem curte)?

Que tal um espaço maior para receber tão fiéis frequentadores (vamos combinar, quem topou subir um um caminhão vai topar andar mais um pouco pra chegar no bar em outro endereço)?

E que tal procurar um local com isolamento acústico pra fazer o carnavalzinho do bar, sem incomodar a vizinhança?

De qualquer modo, é bom observar que é a Prefeitura quem sinaliza o estacionamento nas ruas, como lembrou uma amigo Fiscal comentando a notícia no whatsapp.


Veja a íntegra da notícia aqui.

Comentários

comentários