Iracema Guardiã e Fiscalização de Atividades Urbanas

Qual é o seu momento? Qual é a sua leitura deste monumento? quietação, apatia, inércia, desânimo… Iracema ajoelhada, num ato de contrição por si e por todos os fortalezenses, queda-se sem forças diante da imensidão do desconhecido mar, diante da partida do seu amor; movimento, energia, ação, entusiamo… entre o desconhecido, que a qualquer momento há de surgir vindo do mar, […]

Leia mais